quinta-feira, 30 de julho de 2009

À Minha Maneira


este Sr, ontem, cantou para mim esta canção.

Acho que ele queria dizer-me:

- Nao lamentes, fizeste à tua maneira; com verdade.



E agora o fim está próximo,
E então eu encaro a última cortina.
Meu amigo, vou dizer claramente,
Vou expôr minha situação,
da qual tenho certeza...
Eu vivi uma vida que está completa,
Eu viajei por cada uma e em todas as estradas.
E mais, muito mais do que isso,
Eu fiz da minha maneira...

...

Pois, o que é um homem, o que ele possui?
Se não for a si mesmo, então ele não tem nada.
Para dizer as coisas que ele sente sinceramente
E não as palavras de alguém que se ajoelha.
O registo mostra:
Eu suportei os golpes,
E fiz da minha maneira...

( letra da canção )


sábado, 25 de julho de 2009

A Nossa Terra

video



É a nossa primeira casa e não nos apercebemos disso. Cuidamos da segunda por pensarmos que é a primeira, e descuidamos a primeira porque não a pensamos como NOSSA.

É belíssima, enorme e generosa, mas conseguirá resistir à nossa incúria?

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Plateaux of Mirror

Para ouvir no silêncio da noite




album de 1980

domingo, 19 de julho de 2009

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Paris sera toujour Paris




Não será a mais bela, mas é, com toda a certeza, uma das mais belas.



Maurice Chevalier (1888-1972)

E a interpretação de Maurice Chevalier?
Uma delícia.

domingo, 12 de julho de 2009

Domingo

.

imagem da net
.
Senhor, Tu és a luz do meu caminho.
Meus passos, pura sombra dessa luz.
.
Lopes Morgado
in Ao Encontro do Sol

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Olhos Diferentes

foto da net
.
para ver as coisas
iguais
.
Olhos iguais
para ver as coisas
diferentes
.
Olhos à flor dos olhos
para chorar as lágrimas
contidas
.
Olhos fundos
para beber sofregamente
carinhosamente as lágrimas
caídas
.
Olhos de gente
precisam-se
.
Lopes Morgado
in de raíz

segunda-feira, 6 de julho de 2009

My baby just cares for me






deliciosa canção do musical Wooppee, aqui magistralmente recriada por Nina Simone.


domingo, 5 de julho de 2009

quarta-feira, 1 de julho de 2009

O Mundo É Um Manicómio


filme de 1944

Ontem, quando ouvia notícias deste mundo em que vivemos, lembrei-me do filme " O Mundo é um Manicómio".
Nesta hilariante comédia de Frank Capra, baseada numa peça de Joseph Kesselring, as tias de Mortimer (Cary Grant) eram assassinas pelos actos mas inocentes pelas intenções; sobre os actores das notícias talvez não se possa dizer o mesmo.

O Mundo não é um manicómio. Mas que às vezes parece, parece